Cupom de Desconto

Archive for Novembro 2008

Cyanide and Happiness

Ótimo começo de final de semana á todos!!!





sexta-feira, 28 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

Dead Fish


Outra banda que merece destaque é a Dead Fish.

Dead Fish é uma banda de Hardcore de Vitória, cidade do estado do Espírito Santo, Brasil.
Tudo começou em 1991 com um grupo de amigos que andavam de Skate em Vitória. Mesmo sem saber tocar instrumento algum, resolveram montar uma banda e tocar músicas para andar de skate, principalmente Hardcore.
Em 1995 lançam a demo-tape “Re-Progresso” e três anos depois, seu primeiro CD Full-Lenght, chamado “Sirva-se” pelo selo capixaba Lona Records.
Após o “Sirva-se”, lançaram “Sonho Médio” em 1999 e “Afasia” em 2001. Giuliano, até então guitarrista, resolveu deixar a banda, em 2002 lançam o Projeto Peixe Morto e no mesmo ano também lançam o EP 2002, mas que foi gravado em 2000.
Alguns guitarristas de bandas amigas do Dead Fish foram chamados para quebrar um galho, entre eles: Alexandre “Capilé” (Sugar Kane), Philippe Fargnoli (Reffer) e Tiago “Hóspede” (Aditive).
Em 2003 gravaram um CD Ao Vivo no Hangar 110 em São Paulo. Murilo, o outro guitarrista do Dead Fish, deixa a banda que ameaça acabar. No fim do mesmo ano, eles recebem uma proposta de uma gravadora, a Deckdisc. A banda aceita a proposta, chama Philippe e Hóspede para assumir as guitarras e entram em estúdio para gravar o quarto disco de inéditas, o “Zero e Um”.
Em 2004, o Dead Fish ganha projeção nacional ao receber o prêmio Video Music Brasil de artista revelação, lançando seu primeiro DVD, o “MTV Apresenta: Dead Fish”. Em 2006, lançam mais um disco pela mesma gravadora, chamado “Um Homem Só” e tem relançadas sua primeiras demo-tapes pelo selo Laja Records, sob o título de “Dead Fish - Demo Tapes”.
E agora em janeiro de 2009 estão para lançar mais um disco.
Vamos esperar anciosos por mais um belo trabalho com certeza!

Mais em www.deadfish.com.br e http://www.fotolog.com/deadfishoficial
quinta-feira, 27 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

Audax 200 km domingo confirmado !

Confirmado o Audax 200 km do dia 30 de novembro saída em Vera Cruz e chegada em Santa Cruz do Sul.

O trajeto será a "Volta na Quadra", saindo de Vera Cruz no trevo do Kopp, na RSC 287, chegando no Hotel Feldmann (mesmo local do Audax do ano passado), passando por Candelária, Novos Cabrais, Cachoeira do Sul, Pantano Grande, Rio Pardo chegando no Hotel Feldmann no Distrito Industrial de Santa Cruz do Sul (mesmo de 2007).

Image


Nesse eu to presente!!!

quarta-feira, 26 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

Hot Water Music


Outra banda que conheci recentemente e que realmente adorei pela qualidade de som, músicas bem feitas foi Hot Water Music.

Hot Water Music é um conjunto de punk de Gainesville,Florida (EUA) conhecido por seus vocais rasgados assim como seu som de guitarra estilo Jawbreaker nos primeiros álbuns.
Formado em 1993, seu primeiro álbum Finding The Rhythms foi lançado na gravadora No Idea e Toy Box Records.
O nome Hot Water Music veio do título do livro homônimo de Charles Bukowski.
HWM gravou um álbum com seus grandes amigos e mentores, os britânicos do Leatherface e logo depois um gravaram um split com a banda Alkaline Trio.
Em 2001, Hot Water Music assinou um contrato com a Epitaph Records e lançaram o álbum A Flight and a Crash, lançaram também na mesma gravadora: Caution e The New What Next.
Lançaram também os outros splits como: Push for Coin (1995 - demo tape), Eating the Filler (1995- Toybox Records), Hot Water Music vs. Discount (New American Dreams) e Colors, Words, and Dreams (2002 - split com The Casket Lottery, Second Nature Recordings).
Em 2005 a banda entrou em hiato assim que o vocalista Chuck Ragan foi passar mais tempo com a sua família.Logo após, o restante da banda montou o The Draft e lançaram o álbum In a Million Pieces pela Epitaph.
Ragan optou por fazer um som solo/acústico mais voltado para a folk music, lançou seu primeiro álbum pela No Idea Records assim como dois discos ao vivo.
Membros do HWM estiveram envolvidos com vários outros projetos musicais como Rumbleaseat e Blacktop Cadence.

Vale a pena perder o seu tempo ouvindo a banda, para quem se interessar LastFM da banda.
Posted by Karol Hoffmann
Tag :

Aos 105 anos, virgem mais velha do mundo diz que sexo envelhece

Aos 105 anos, a secretária aposentada Clara Meadmore se orgulha de ainda ter cabelo e de não precisar de dentadura.

Nascida em Glasgow, na Escócia, no início do século XX, ela acredita que o segredo da vida longa é nunca ter feito sexo. "Sexo envelhece", acredita.

"Tive várias amizades platônicas, mas nunca senti a vontade de ir mais longe, ou mesmo de casar", afirma Clara, que já viveu no Canadá e na Nova Zelândia, e há 40 anos mora na Cornualha, região sudoeste da Inglaterra.

Para ela, o sexo sempre foi algo "complicado", que atrapalharia sua vida. "Eu sempre estava ocupada fazendo outras coisas, e nunca tive tempo de pensar em sexo", explica.

"Quando eu era criança, só era possível fazer sexo com seu marido. E eu nunca me casei. Cresci em uma era na qual as crianças - principalmente do sexo feminino - não eram vistas e nem ouvidas pela sociedade, por isso tive que aprender por mim mesma a me defender e me sustentar", diz a ex-secretária, em entrevista ao diário britânico 'Telegraph'.

Além de nunca ter tido relações sexuais, Clara conta que nunca teve uma televisão, mas sempre foi "apaixonada" por ouvir rádio.

A aposentada Clara Meadmore, de 105 anos, diz que virgindade é segredo de longevidade. (Foto: AFP)



Eu nem queria viver tanto tempo tbm né!!!!
terça-feira, 25 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann
Tag :

Against Me!


Ultimamente meio que me viciei na banda Agaist Me! e recomendo!
Principalmelmente no álbum New wave lançado em 2007.

A banda Against Me! é da Florida (USA). A banda foi fundada em 1997 mas o primeiro disco deles saiu em 2002 e tinha um titulo de "Reinventing Axl Rose"(reinventando Axl Rose).
No começo a banda misturava suas influencias folk e country, a paixão por Billy Bragg, Pogues e Replacements.
Depois desse vieram mais tres álbuns com uma direção mais pro punk rock
-As the Eternal Cowboy (2003)
-Searching for a Former Clarity (2005)
-Americans Abroad!!! Against Me!!! Live in London!!!
Em 2007 eles lançaram "New Wave" produzido por Butch Vig ( o lendário produtor de "Nevermind" do Nirvana e claro, baterista do Garbage).
O próprio nome do álbum "New Wave" já marca uma leve mudança no som da banda mas continuam no underground.

Quem quer conhecer um pouco mais da banda vá no MySpace deles, http://www.myspace.com/againstme, e se deliciem com a ótima qualidade de som dos rapazes.
Posted by Karol Hoffmann
Tag :

22/11/2008 - Santa Maria - Boate DCE

Lugar foda, boas companhias!
Entre Rejas e Filhotinho fizeram puta show e tava bem massa!!!





Posted by Karol Hoffmann
Tag : ,

Mulher imune à Aids pode deter segredo para vacina

WASHINGTON - Uma mulher que nunca apresentou os sintomas da Aids pode trazer o segredo para derrotar o vírus, disseram pesquisadores dos Estados Unidos na terça-feira.

(Fonte: Yahoo! Notícias) - Contaminada há pelo menos 10 anos pelo marido, essa mulher consegue de alguma maneira controlar naturalmente esse vírus mortal, enquanto seu marido precisa consumir coquetéis de medicamentos com sérios efeitos colaterais.

Ela é chamada de “supressora de elite”, e estudos das suas células imunológicas começaram a oferecer pistas sobre como seu corpo atua, segundo uma equipe da Universidade Johns Hopkins, em Baltimore.

“Esta é a melhor prova até agora de que os supressores de elite podem ter vírus plenamente patogênicos (ativos)”, disse Joel Blankson, diretor do estudo. “A sensação inicial era de que eles tinham um vírus defeituoso”, acrescentou ele por telefone.

O casal é monogâmico há 17 anos e ambos têm a mesma cepa do vírus, segundo Blankson. A diferença está no sistema imunológico da mulher, cuja identidade é protegida. O homem, segundo os cientistas, é um ex-usuário de drogas injetáveis, razão da sua contaminação.

Para ele, “isso é um bom sinal em termos de desenvolver uma vacina terapêutica” — ou seja, usada no tratamento, não na prevenção.

Estudos publicados na Journal of Virology mostram que, nessa mulher, as chamadas células-T CD8, um tipo de célula imunológica, impediram a replicação do vírus em até 90 por cento, enquanto no marido dela as mesmas células só contiveram 30 por cento da replicação.

Reagindo a esse ataque imunológico, o vírus nela sofreu uma mutação e se enfraqueceu, o que não aconteceu com o marido.

“A supressão de elite oferece pistas aos pesquisadores de vacinas em muitas frentes: como as células-T CD8 podem atacar o HIV e como uma reação imunológica mais forte pode forçar o HIV a um estado defensivo permanente”, disse Blankson.

“Estamos tentando entender exatamente como as células-T funcionam nela para inibir a replicação viral. Estamos esperando para ver que tipo de citoquinas elas produzem.”

Citoquinas são proteínas sinalizadoras do sistema imunológico. Os cientistas já perceberam que, enquanto as células-T do marido dela produzem apenas um tipo, chamado gama interferon, ela produz também o TNF (fator de necrose do tumor, em inglês).

Mas só isso não explica a imunidade dela, pois os pesquisadores já tentaram no passado, sem sucesso, usar essas proteínas imunológicas em pacientes.

Além disso, as células imunológicas da mulher parecem produzir essa reação apenas quando encontram o vírus.

Outra pista: a mulher pode ter uma atividade excepcional no seu sistema antígeno leucocitário humano, segundo Blankson. Esse importante componente do sistema imunológico ajuda a reconhecer antígenos — identificadores de proteínas — dos inimigos, como bactérias e vírus.

O vírus HIV, que causa a Aids, afeta pelo menos 33 milhões de pessoas no mundo e já matou 25 milhões desde que foi identificado, no início da década de 1980.

Fonte: O Verbo
segunda-feira, 24 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

Gato muito atoa

Ahuahuahuahu Esse gato é muito atoa!!!







quarta-feira, 19 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

Homenagem a minha companheira!

Bom tenho que fazer uma homenagem a minha companheira!!!
Que mesmo me derrubando, machucando, me levou a lugares que antes não imaginava ir, me fez ver paisagens que antes eu não reparava e me fez ter uma vida mais saudável e agradável.
Graças a ela deixei o vício do cigarro e isso tudo a apenas 1 ano!
Parabéns para ela!

Quatrilhas

Primeiro Dia - 0 km

Cerro Alegre Alto - Primeira Volta

Rigonax 223km - 15/11/2008

Linha João Alves - Passo do Sobrado

Ida a Rio Pardo

Aeroporto

Volta de Rio Pardo

Sinimbu


terça-feira, 18 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

Gato Vs Caixa




segunda-feira, 17 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

Rigonax - 223km - 15/11/2008

Bom, 6h30 da manhã saímos eu, Rodrigo, Claiton e Luiz da Unisc e 200 e tantos km nos esperavam.
Aos 15km eu e Rodrigo batemos e eu cai! Baita tombo, Mas nada sério, uns ralados, pancadinha na cabeça no quadril no ombro, câmbio dianteiro torto e aro torto. Pensamos em desistir e voltar dali! Mas que graça teria? Resolvemos continuar, nisso Claiton e Luiz ja tinham ido na frente e ligariam para ver se continuariamos, encontramos eles em Novo Cabrais. Estava um tempo bom, sem sol, até fresquinho estava, mas perto das 10 horas comecou a esquentar e abrir o sol!
Quente! E assim ficou o dia todo! E resultou em algumas queimaduras de sol nas pernas e no caso do guigo, pernas e braços.
Fazíamos algumas paradas para repor água e dar uma descansada.
No meu ciclocomputador chegou a marcar uma temperatura de 41 graus.
Mas fomos bem chegamos perto das 20 horas, cansados, queimados, eu esfolada mas com sensação de que valeu a pena.
Pedalei os 223 km com praticamente apenas 6 marchas.
Foi difícil, foi, mas se não fosse que graça teria?
To com gostinho de missão cumprida e muitas lições aprendidas, aprendi que pernas brancas merecem bloqueador fator 50 ou mais, que devemos nos alimentar muito bem, a não ficar muito perto do namorado quando se está de bicicleta pois pode haver imprevistos, que o que faz a gente chegar la no fim de nosso caminho é a nossa vontade de chegar, é perseverança e que as coisas parecem muito melhores quando são conquistas com nosso esforço, e que esforço!
Mas valeu! E obrigada a todos pelo apoio!
E principalmente para Rodrigo, meu companheiro de s empre que esteva sempre ao meu lado!
Te amo e mto obrigada!!!!











Mais fotos: Picasa
domingo, 16 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

Estágiario resolve TUDO

Estágiario resolve TUDO


Um Presidente de uma determinada empresa, casado há 25 anos, está na
maior dúvida se transar com a mulher, depois de tanto tempo de
casamento,
é trabalho ou prazer.
Na dúvida, ligou pro Diretor Geral e perguntou.Por sua vez, o Diretor
ligou pro
Vice-Diretor e fez a mesma pergunta.O Vice-Diretor ligou pro Gerente
Geral e
fez a mesma pergunta.
E assim seguiu-se a corrente de ligações até que a pergunta
chegou ao Setor Jurídico e o Advogado Chefe perguntou, como de praxe,
pro Estagiário que estava todo afobado fazendo mil coisas ao mesmo
tempo.
- Rapaz, você tem um minuto pra responder se quando o Presidente
da empresa transa com a mulher dele é trabalho ou prazer ???
- É prazer, Doutor !!! - respondeu o Estagiário prontamente e com
segurança.
- Ué ??? Como é que você pode responder isso com tanta segurança e
certeza???
- É que.... se fosse trabalho, já tinham mandado eu fazer !!!!!!!
sexta-feira, 14 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

Tipos de namorados

Namorado BLOG: a maioria deles é ruim e não serve para absolutamente
nada. Alguns são feios que dói, mas o conteúdo é bom, então você
encara. Alguns têm boa aparência, mas o conteúdo é péssimo, então não
dura muito. De qualquer maneira, em algum momento você vai ter um.

Namorado computador do milhão: sempre tem um disponível. Todo mundo te
alerta que a qualidade é duvidosa, mas ainda assim tem gente que
arrisca. No início, serve pra quebrar um galho, mas logo logo você se
arrepende.

Namorado antivírus: vive vasculhando a sua vida pra tentar achar achar
algo suspeito, e não acha.

Namorado e-mail: se faz presente várias vezes por dia, mas 90% das
vezes, não lhe diz nada de útil.

Namorado disquete: está ultrapassado há anos, mas tem gente que
insiste em ter. Conteúdo limitado, não serve pra quase nada hoje em
dia! Mas você ainda encontra mulher dizendo que é bom.

Namorado no-break: está alí pra te dar uma força quando você precisa,
mas não aguenta muito tempo, só uns 10 minutinhos.

Namorado impressora matricial: faz mais barulho do que serviço.
Extremamente lerdo e ultrapassado, mas é melhor que não ter.

Namorado impressora a Laser: bonitão e moderninho. Você pensa que está
fazendo um ótimo negócio, mas na hora do "vamover", descobre que ele é
muito rápido, quando você pensa que a impressão tá entrando, na
verdade ela já saiu e o equipamento já foi automaticamente desligado.

Namorado Windows: todo mundo diz que não presta, mas você não vive sem
ele. Muitas vezes também confundido com o namorado cd-rom.

Namorado CD-ROM: extremamente rodado, sua irmã, sua amiga, sua prima,
sua vizinha e toda torcida do flamengo já experimentou, mesmo assim
você também quer testar.

Namorado Linux: faz tudo que você precisa, mas requer habilidade para
manuseio. Normalmente todas as suas amigas o odeiam.

Namorado Mouse: só funciona quando é arrastado e apertado. Mas quem é
que vive sem ele?

Namorado papel de parede: não serve pra nada, mas é bonitinho.

Namorado proteção de tela: solta as asinhas toda vez que você não está
presente. Pensa que ninguém tá vendo, mas sempre tem um pra comentar
depois.

Namorado provedor de internet: vive cheio de problemas e está sempre
ocupado demais pra te ouvir.

Namorado Firefox: com o tempo foi ficando pesado. Mas mesmo gordinho,
você prefere continuar com ele.

Namorado Internet Explorer: mesmo que você tenha deixado de usar
devido as outras opções disponíveis no mercado, ele sempre estará lá
pra ocupar espaço. Não dá pra se livrar dele sem abrir mão de muitas
outras coisas. Esse tipo namorado é conhecido em algumas culturas como
MARIDO.

HAhahha Ótimo começo de fiinal de Semana!!
Posted by Karol Hoffmann

Casa de gatos moderninha

Só mesmo um designer para criar uma casa estilosa como esta para um gato. Claro, não um gato qualquer, foi para Olive, sua gata de estimação. Leo Kempf construiu esta espécie de sobrado modernoso, usando madeira na estrutura e uma chapa de plexiglass, composto parecido com o acrílico, que serve com uma grande janela. A entrada é na lateral e uma pequena rampa leva Olive ao piso superior. Para descansar, um tapetinho de lã de carneiro e na decoração, pequenos quadrinhos pintados pela esposa de Kempf. No piso inferior, um grosso pedaço de papelão ondulado que serve tanto para a gatinha ficar descansando, quanto para afiar as garras. O teto é removível e a chapa transparente também, para facilitar a limpeza. Obviamente, não está à venda, mas fica a idéia para quem tem habilidades manuais e um gato de estimação. "Construidamente legaus"!
Link

Fonte: Bem Legaus
quinta-feira, 13 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

21° Rigonax - 10 Municípios 15&16/11

Neste fim de semana teremos o Desafio Rigonax 21º Edição, este desafio está no calendário como Rigonax 10 Municípios, este desafio é semelhante ao realizado dois anos atrás, porém na ocasião foram percorridos 9 Municípios. Como o Udo que é o mentor deste evento, realizou todo o percurso em etapas, mape ou todo o trajeto, mas não estará presente por motivo de viagem, coloco a disposição de vocês para escolha as seguintes alternativas:

Rigonax 10 Municípios:
- Primeira Etapa : Santa Cruz do Sul - Rio Parto - Max Brum - Vale Verde - Passo do Sobrado - Venâncio Aires - Mato Leitão - Venâncio Aires - Santa Cruz do Sul
- Saida do Campus da Unisc - Sábado 15.11.08 - 06:00 horas - Percurso aproximado de 190 km - Retorno previsto 24:00 horas do mesmo dia, 15.11.08.

- Segunda Etapa : Santa Cruz do Sul - Sinimbú - Vale do Sol - Candelária - Vera Cruz - Santa Cruz do Sul
- Saida do Shopping de Santa Cruz - Domingo 16.11.08 - 06:00 horas - Percurso aproximado de 110 km - Retorno previsto para as 14:00 horas do domingo 16.11.08

Para este desafio é necessário bikes off road, ou seja mountain bikes, pois a maioria do percurso é de estradas de chão, prover grande volume de água e alimentos, pois os pontos de abastecimento são escassos e se houver sol intenso, existem trechos longos (em se falando de tempo), sem nennhum recurso por perto. Em quase 100% do percurso não há sinal de celular, ou seja não existe possibilidade de resgate na maioria do percurso. Também é imprescindível para este desafio, conhecimento de navegação e odômetros bem aferidos.

Rigonax Alternativo:
- Primeira Etapa: Volta na Quadra Invertida - Santa Cruz do Sul - Rio Pardo - Pantano Grande - Restaurante Papagaios (BR-290) - Cachoeira do Sul - Novos Cabrais - Candelária - Vera Cruz - Santa Cruz do Sul.
- Saida do Campus da Unisc - Sábado 15.11.08 - 06:00 horas - Percurso aproximado de 223 km - Retorno previsto 19:30 horas do mesmo dia, 15.11.08.

- Segunda Etapa: Santa Cruz do Sul - Rio Pardo - Pantano Grande - Rio Pardo - Santa Cruz do Sul
- Saida do Shopping de Santa Cruz - Domingo 16.11.08 - 06:00 horas - Percurso aproximado de 100 km - Retorno previsto para as 12:00 horas do domingo 16.11.08.

Este percurso é feito todo por estradas asfaltadas.

NOTAS IMPORTANTES:
- A quilometragem máxima que será conferida aos participantes, será a quilometragem do percurso Rigonax 10 Municípios,
- Os ciclistas participantes deverão estar presentes no local da largada nos dias e horários previstos, mesmo para aqueles que queiram fazer apenas parte do trajeto e pretendem pedalar mais tarde.
- Todos os ciclistas receberão uma senha na hora da largada, esta senha indicará os pontos para identificação de que o ciclista passou pelos pontos de controle na data da realização do evento.
- ESTE DESAFIO É PARA MAIORES DE IDADE E QUE TENHAM ASSINADO O TERMO DE RESPONSABILIDADE, ASSUMINDO PARA SI O QUE PUDER VIR A OCORRER DURANTE O PERCURSO DESTE DESAFIO.
- Regulamento no site: Conheça o Rigonax - Ciclismo de Longa Distância

Fonte: Santa Ciclismo
Posted by Karol Hoffmann

A vez do homem beta

Sacaneado pelos amigos por não ser um exemplo de virilidade, o homem sensível - que não pega no pé, cuida das crianças e discute a relação - ganha a simpatia feminina com seus predicados.

Ele é charmoso, carinhoso, atencioso e lhe manda uma mensagem de bom dia, na manhã seguinte daquele jantar incrível. Além disso, sabe cozinhar, tem ótima sintonia com as crianças, não é ciumento e não reclama se você chega tarde da happy hour com as amigas. Para completar, depois do filme acompanhado de brigadeiro de panela, é ele quem enfrenta a esponja e o detergente.

Esta é a descrição perfeita para o homem da sua vida? Pois bem, trata-se do homem beta, um novo rótulo para a figura masculina moderna. A denominação é oriunda do alfabeto grego, no qual a segunda letra, o beta, é voltado ao mundo das emoções. Assim, o homem beta é mais sensível e não se simpatiza com os jogos de poder masculinos, enquanto o macho alfa, primeira letra do alfabeto grego, tem o papel de líder valente, caçador e conquistador das fêmeas do bando.

Na prática, o homem beta gosta de falar dos sentimentos e não tem necessidade de ser o melhor em tudo. Gosta de cuidar dos filhos, divide as contas com a mulher e, se precisar, pode até ser sustentado por ela. Definitivamente, ele é avesso à ideologia machista, não tem vergonha de seu lado sensível e exerce atividades que, antigamente, eram da competência das mulheres. Ao contrário do homem alfa, que faz o papel de provedor, másculo e agressivo, o beta é um homem mais colaborativo que competitivo.

Casado há 10 anos com a arquiteta Mariana Andrade, pai de Andréia, de 1 ano, e de Mateus, de 3 anos, o administrador de empresas Daniel Santos não reclama do fato de ela ganhar mais do que ele. "Ela fatura mais, mas em compensação fica menos tempo em casa. Enquanto isso, sempre que posso, faço questão de passar mais tempo com as crianças e aproveito para preparar o jantar.", revela o marido prendado.

Este é um exemplo das relações conjugais atuais, que não comportam mais o modelo de casal tradicional, no qual o homem trabalhava fora o dia inteiro e era o único responsável pelo sustento da casa, enquanto a mulher cuidava das tarefas domésticas e dos filhos.

Depois de quase meio século de emancipação feminina, a mulher moderna não precisa mais da figura masculina como proteção. Segundo o terapeuta e consultor de relacionamentos Sérgio Savian, atualmente, "se o homem tiver um comportamento machista é capaz de ficar sozinho. As mulheres não admitem mais viverem como suas mães, avós e bisavós. As que ainda são casadas com homens machões estão prestes a se separarem e as solteiras relutam em se casar com um homem que mostre suas garras machistas.", analisa.

Seja na esfera social, econômica ou profissional, a mulher invadiu áreas antes, dominadas pelos homens. Em contrapartida, a tendência é que o universo masculino comece a assimilar tarefas e comportamentos tidos como femininos, tais como a simpatia por discutir a relação afetiva e a disponibilidade para cuidar dos filhos. Para não criar nenhum clima de disputa e competitividade neste processo, a psicóloga Maria Helena Alcântara Lisboa, vice-presidente do Projeto Mulheres Inteligentes, ressalta que "o mais importante numa relação a dois é o respeito, que deve existir entre ambas as partes".

Características do homem beta

O homem beta:
• Diz "eu te amo"
• Não tem medo de pedir perdão
• Contraria a máxima de que "homem não chora"
• Discute a relação com você numa boa
• Cuida dos filhos sem reclamar.
• Cozinha, lava louça e arruma a casa

O homem beta nunca:
• Fica se olhando no espelho o tempo todo
• Trai a mulher por pura diversão
• Arruma briga na rua
• Se sente inferiorizado por você ganhar mais que ele
• Faz questão de provar que tem razão em tudo


Alfa x beta
Para o estudante universitário Jonas Machado, a habilidade em manusear talheres e temperos e o jogo de cintura ao lidar com o ciúme da namorada não condiz com romantismo. "Sou carinhoso, dou presente, mas odeio discutir a relação e, na cozinha, não sei fritar um ovo. Quando quero surpreender, levo para jantar fora, ou algo do tipo. Esse lance de ´homem-amélia´ não é comigo!"

No universo feminino, um homem mais prestativo e companheiro se destaca no momento em que a relação começa a ganhar fôlego. Porém, quando o assunto é a conquista, o típico machão ainda leva vantagem. Segundo o terapeuta Sérgio Savian, "o grande problema é que aos homens beta, muitas vezes, falta a coragem necessária para conquistar uma mulher, que ainda sente-se atraída pelo lado mais agressivo e bruto do homem. Elas dizem que não, que querem um homem sensível, mas no fundo também querem um homem com jeito meio rude."

Segundo o Sérgio, quando a disputa ganha o campo dos lençóis, o homem beta precisa deixar de lado a sensibilidade. Na hora da conquista sexual, "as mulheres esperam que o homem tenha atitude. Além de sensível, elas querem que o homem providencie um bom sexo. Isto significa que a mulher, hoje, procura um homem que tenha os dois lados da moeda, tanto o alfa, como o beta.", afirma Sérgio.

Segundo a psicóloga Miriam Barros de Lima, "mais importante do que se pensar em tipos de homem, ´alfa ou beta´ é notar que estamos em um momento onde homem e mulher percebem que possuem forcas e fraquezas e que podem ser colaboradores na vida um com o outro. Não existe um jeito de ser homem ou mulher, que e certo ou errado, mas sim um jeito de ser, que cada um vai construindo diante dos novos desafios que a sociedade vai apresentando."

Fonte: Yahoo!
sábado, 8 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

Voltinha!







sexta-feira, 7 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

A GENTE SE ACOSTUMA

Autora: Marina Colassanti

Eu sei que a gente se acostuma. Mas não devia.

A gente se acostuma a morar em apartamento de fundos e não ver vista que não sejam as janelas ao redor. E porque não tem vista logo se acostuma a não olhar para fora. E porque não olha para fora, logo se acostuma e não abrir de todo as cortinas. E porque não abre as cortinas, logo se acostuma a acender mais cedo a luz. E, à medida que se acostuma, se esquece do sol, se esquece do ar, esquece da amplidão.

A gente se acostuma a acordar sobressaltado porque está na hora. A tomar café correndo porque está atrasado. A ler o jornal no ônibus porque não pode perder tempo. A comer sanduíche porque não dá para almoçar. A sair do trabalho porque já é noite. A cochilar no ônibus porque está cansado. A deitar cedo e dormir pesado sem ter vivido o dia.

A gente se acostuma a abrir o jornal e a ler sobre a guerra. E aceitando a guerra, aceita os mortos e que haja números para os mortos. E aceitando os números, aceita não acreditar nas negociações de paz. E não aceitando as negociações de paz, aceitar ler todo dia de guerra, dos números, da longa duração.

A gente se acostuma a esperar o dia inteiro e ouvir no telefone: "hoje não posso ir". A sorrir para as pessoas sem receber um sorriso de volta. A ser ignorado quando precisa tanto ser visto. 

A gente se acostuma a pagar por tudo o que se deseja e necessita. E a lutar para ganhar com que pagar. E a ganhar menos do que precisa. E a fazer fila para pagar. E a pagar mais do que as coisas valem. E a saber que cada vez pagará mais. E a procurar mais trabalho, para ganhar mais dinheiro, para ter com que pagar nas filas em que se cobra. 

A gente se acostuma a andar nas ruas e ver cartazes. A abrir as revistas e ler artigos. A ligar a televisão e assistir comerciais. A ir ao cinema e engolir publicidade. A ser instigado, conduzido, desnorteado, lançado na infindável catarata dos produtos. 

A gente se acostuma à poluição, às salas fechadas de ar condicionado e ao cheiro de cigarros. À luz artificial de ligeiro tremor. Ao choque que os olhos levam à luz natural. Às bactérias de água potável. À contaminação da água do mar. À morte lenta dos rios. Se acostuma a não ouvir passarinhos, a não ter galo de madrugada, a não colher fruta no pé, a não ter sequer uma planta por perto. 

A gente se acostuma a coisas demais para não sofrer. Em doses pequenas, tentando não perceber, vai afastando uma dor aqui, um ressentimento ali, uma revolta lá.
Se o cinema está cheio, a gente senta na primeira fila e torce um pouco o pescoço. Se a praia está contaminada, a gente só molha os pés e sua o resto do corpo. Se o trabalho está duro, a gente se consola pensando no fim de semana. E se no fim de semana não há muito que fazer, a gente vai dormir cedo e ainda fica satisfeito porque tem muito sono atrasado.

A gente se acostuma a não falar na aspereza para preservar a pele. Se acostuma para evitar sangramentos, para esquivar-se da faca e da baioneta, para poupar o peito.

A gente se acostuma para poupar a vida.

Que aos poucos se gasta, e que, de tanto acostumar, se perde de si mesma.

Posted by Karol Hoffmann

"Viver não dói"

Martha Medeiros

Fiquei sabendo que um poeta mineiro que eu não conhecia, chamado Emilio Moura, teria completado 100 anos neste mês de agosto, caso vivo fosse. Era amigo de outro grande poeta, Drummond. Chegaram a mim alguns versos dele, e um em especial me chamou a atenção: "Viver não dói. O que dói é a vida que não se vive".

Definitivo, como tudo o que é simples. Nossa dor não advém das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.

Por que sofremos tanto por amor? O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez companhia por um tempo razoável, um tempo feliz. Sofremos por quê?

Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido junto e não tivemos, por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos. Por todos os beijos cancelados, pela eternidade interrompida.

Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um amigo, para nadar, para namorar. Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas angústias se ela estivesse interessada em nos compreender. Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada. Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam, todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar.

Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um verso: se iludindo menos e vivendo mais.
quinta-feira, 6 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

GRANDES E PEQUENAS MULHERES

Martha Medeiros
Há mulheres de todos os gêneros. Histéricas, batalhadoras, frescas, profissionais, chatas, inteligentes, gostosas, parasitas, sensacionais. Mulheres de origens diversas, de idades várias, mulheres de posses ou de grana curta. Mulheres de tudo quanto é jeito. Mas se eu fosse homem prestaria atenção apenas num quesito: se a mulher é do tipo que puxa pra cima ou se é do tipo que empurra pra baixo.

Dizem que por trás de todo grande homem existe uma grande mulher. Meia-verdade. Ele pode ser grande estando sozinho também. Mas com uma mulher xarope ele não vai chegar a lugar algum.

Mulher que puxa pra cima é mulher que aposta nas decisões do cara, que não fica telefonando pro escritório toda hora, que tem a profissão dela, que o apóia quando ele diz que vai pedir demissão por questões éticas e que confia que vai dar tudo certo.

Mulher que empurra pra baixo é a que põe minhoca na cabeça dele sobre os seus colegas, a que tem acessos de carência bem na hora que ele tem que entrar numa reunião, a que não avaliza nenhuma mudança que ele propõe, a que quer manter tudo como está.

Mulher que puxa pra cima é a que dá uns toques na hora de ele se vestir, a que não perturba com questões menores, a que incentiva o marido a procurar os amigos, a que separa matérias de revista que possam interessá-lo, a que indica livros, a que faz amor com vontade.

Mulher que empurra pra baixo é a que reclama do salário dele, a que não acredita que ele tenha taco pra assumir uma promoção, a que acha que viajar é despesa e não investimento, a que tem ciúmes da secretária.

Mulher que puxa pra cima é a que dá conselhos e não palpite, a que acompanha nas festas e nas roubadas, a que tem bom humor.

Mulher que empurra pra baixo é a que debocha dos defeitos dele em rodinhas de amigos e que não acredita que ele vá mais longe do que já foi.

Se por trás de todo grande homem existe uma grande mulher, então vale o inverso também: por trás de um pequeno homem talvez exista uma mulherzinha de nada.

quarta-feira, 5 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

Na calada da noite, condenaram milhares de pessoas à morte

Há seis anos, o Conama fez uma resolução obrigando a ter menos enxofre no diesel a partir de janeiro de 2009.

O enxofre é o poluente mais nocivo à saúde humana e causa a morte de cerca de 3 mil pessoas ao ano - só em São Paulo! O paulistano tem 20% mais risco de ter câncer de pulmão e 30% de sofrer doenças cardiovasculares, devido à poluição do ar.

As montadoras de veículos (que teriam que adaptar seus carros) e a Petrobras (que teria que limpar seu combustível) vinham negociando o adiamento dessa mudança há meses. Parece que preferem que as pessoas continuem morrendo e encaram a questão como gastar dinheiro em algo que não trará retorno financeiro (entenda melhor o problema).

Na quinta-feira passada, 30/10, finalmente conseguiram esse adiamento. Em plena madrugada, as seguintes empresas e entidades se reuniram para decidir, às escuras e com o aval do Ministério Público Federal, do governo federal e do governo do estado de São Paulo, pela continuidade dessas mortes em nome de seus lucros:
- Petrobras
- Fecombustível
- Agência Nacional de Petróleo (ANP)
- Anfavea
- Empresas montadoras de motores

Ou seja: quem fabrica carros e combustível decidiu manter as mortes por envenenamento do ar por enxofre. Assinaram a sentença de morte de milhares de pessoas e Embora não há base legal para condená-los por isso. Devem considerar as doenças e mortes como "um custo aceitável"... Claro, não são eles que pagam. Não são os filhos deles que vão morrer em um hospital público com doenças respiratórias. Enxofre no pulmão dos outros é refresco.

Para protestar contra esse acordo assinado com sangue, a Fundação SOS Mata Atlântica realizará uma manifestação nesta quarta-feira (5/11). O convite está logo abaixo.

Se você percebeu o tamanho dessa sacanagem que estão fazendo, em nome dos lucros, em nome do egoísmo e da ganância, com a conivência do governo, faça um esforcinho e participe. Temos que mostrar que não somos trouxas, não somos idiotas, não somos o gado a ser manipulado por essa gente que pensa que é dona de nossas vidas.

Esteja presente, engrosse o coro, mostre que você não quer engolir calado o que estão fazendo. Não seja conivente com essas mortes. Afinal, o envenenamento do ar também afeta você. Participe!

Ato pelo Diesel Limpo
Manifesto a favor da vida nas cidades brasileiras

A Fundação SOS Mata Atlântica convida para ato contra a medida que permite que o diesel produzido no Brasil tenha mais enxofre do que a Determinação do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA). Participe nesta quarta-feira (5 de novembro), às 11h, em frente ao prédio da Justiça Federal (esquina da Rua Peixoto Gomide com a Avenida Paulista, ao lado do MASP, em São Paulo). Na ocasião será apresentado um MANIFESTO da Coalizão das Organizações pela Vida. Proteste a favor da saúde dos moradores das áreas urbanas que respiram diariamente a poluição produzida pelo diesel sujo.

Um acordo firmado na madrugada do último dia 30/10 está regulamentando o não cumprimento da Resolução 315 de 2002, que determinava a adoção em todo o país do diesel S50, com 50 ppm (partes por milhão) de enxofre, substância poluente e com potencial cancerígeno.

Hoje, o diesel vendido no interior do país tem 2000 ppm de enxofre. A norma que entra em vigor a partir de 1º de janeiro prevê que o combustível deverá ter 1800 ppm deste componente, quantidade que será gradualmente reduzida até 500 ppm, 900% mais poluente do que o S50.

Esta manifestação faz parte de uma mobilização em curso em todo o território nacional em defesa da vida.
Compareça e se manifeste a favor da sua saúde e do meio ambiente!

Contatos pelo info@sosma.org.br

Autor:
Willian Cruz
+ Vá de Bike! +
http://freeride.blig.com.br
terça-feira, 4 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

Audax 200 - Inscrições abertas!

Esta disponivel no site www.santaciclismo.com.br as informações e as inscrições para o Audax/Randonnée 200 km de Santa Cruz do Sul do dia 30/11/2008.

Este é o primeiro brevet valido para a série 2009.

Não perca o prazo as inscrições vão até o dia 14/11/2008!
Posted by Karol Hoffmann

Amigo, Um Ensaio

Difícil querer definir amigo.

Amigo é quem te dá um pedacinho do chão, quando é de terra firme que você precisa, ou um pedacinho do céu, se é o sonho que te faz falta.

Amigo é mais que ombro amigo, é mão estendida, mente aberta, coração pulsante, costas largas.

É quem tentou e fez, e não tem o egoísmo de não querer compartilhar o que aprendeu.

É aquele que cede e não espera retorno, porque sabe que o ato de compartilhar um instante qualquer contigo já o realimenta, satisfaz.

É quem já sentiu ou um dia vai sentir o mesmo que você.

É a compreensão para o seu cansaço e a insatisfação para a sua reticência.

É aquele que entende seu desejo de voar, de sumir devagar, a angústia pela compreensão dos acontecimentos, a sede pelo 'por vir'.

É ao mesmo tempo espelho que te reflete, e óleo derramado sobre suas águas agitadas.

É quem fica enfurecido por enxergar seu erro, querer tanto o seu bem e saber que a perfeição é utopia. É o sol que seca suas lágrimas, é a polpa que adocica ainda mais seu sorriso.

Amigo é aquele que toca na sua ferida numa mesa de chopp, acompanha suas vitórias, faz piada amenizando problemas.

É quem tem medo, dor, náusea, cólica, gozo, igualzinho a você. É quem sabe que viver é ter história pra contar.

É quem sorri pra você sem motivo aparente, é quem sofre com seu sofrimento, é o padrinho filosófico dos seus filhos. É o achar daquilo que você nem sabia que buscava.

Amigo é aquele que te lê em cartas esperadas ou não, pequenos bilhetes em sala de aula, mensagens eletrônicas emocionadas.

É aquele que te ouve ao telefone mesmo quando a ligação é caótica, com o mesmo prazer e atenção que teria se tivesse olhando em seus olhos.

Amigo é multimídia. Olhos... amigo é quem fala e ouve com o olhar, o seu e o dele em sintonia telepática.

É aquele que percebe em seus olhos seus desejos, seus disfarces, alegria, medo.

É aquele que aguarda pacientemente e se entusiasma quando vê surgir aquele tão esperado brilho no seu olhar, e é quem tem uma palavra sob medida quando estes mesmos olhos estão amplificando tristeza interior.

É lua nova, é a estrela mais brilhante, é luz que se renova a cada instante, com múltiplas e inesperadas cores que cabem todas na sua íris.

Amigo é aquele que te diz 'eu te amo', sem qualquer medo de má interpretação.

A amigo é quem te ama 'e ponto'. É verdade e razão, sonho e sentimento.

Amigo é pra sempre, mesmo que o sempre não exista."

A todos meus amigos do coração!!!

Autor:
Marcelo Batalha
Posted by Karol Hoffmann

III Convicção Gig - Estrela - 25/10/2008





segunda-feira, 3 de novembro de 2008
Posted by Karol Hoffmann

Um dos bons motivos para deixar o carro em casa

Um amigo meu estava me contando hoje que sua filha de 6 anos já pegou pneumonia duas vezes. Segundo ele, o médico disse que a pneumonia era uma doença pouco comum, mas que tem ocorrido cada vez mais, junto com outras doenças respiratórias, por causa da poluição da cidade.

Não é a toa que morrem doze pessoas por dia em São Paulo por causa da poluição e a gente que vive aqui vive dois anos a menos.


Estudos indicam que de cada 15 ataques do coração registrados na Grande São Paulo um é causado diretamente pelo acúmulo de poluição no organismo. Cerca de 15% dos casos de asma também são causados pela poluição. De pneumonia, 12%. A contaminação pode até induzir à formação de tumores: de cada 20 casos de câncer de pulmão registrados na região, pelo menos um é causado pela ação de poluentes.
Matéria do Estadão
3 de Agosto de 2008


E não adianta tentar aplacar a consciência terceirizando a culpa para as indústrias, as queimadas e o Bush: quase toda a poluição da cidade de São Paulo é causada pelos veículos motorizados.


Toda esse trânsito é responsável por cerca de 97% das emissões de monóxido de carbono, 97% de hidrocarbonetos, 96% de óxidos de nitrogênio, 40% de material particulado e 35% de óxidos de enxofre.
Gilberto Dimenstein


Também não adianta se conformar pensando que a culpa é dos caminhões: dos 6 milhões de veículos que circulam diariamente na capital, mais de 94% são carros ditos "de passeio", com uma média de ocupação de 1,2 pessoa por veículo.


São Paulo conta com uma frota registrada de aproximadamente 7,3 milhões de veículos, segundo dados da Cetesb, sendo 6,9 milhões a gasolina ou álcool e 430 mil movidos a diesel.
Gilberto Dimenstein
(dados de um ano atrás)


Não perdi a oportunidade de lembrá-lo, em tom de brincadeira mas falando sério, que eu não poluo o ar que a filha dele respira. "Por mim, podiam encher a cidade de bicicletas", respondeu ele sorrindo. Carioca vivendo em São Paulo, não tem o vício paulistano de ir de carro até na padaria. Ele vem para o trabalho a pé.

Na próxima vez que virar a chave no contato do carro ou da moto, lembre-se que a fumaça que está saindo lá de trás será respirada por todos, incluindo você, seus amigos, sua família.

Autor:
Willian Cruz
+ Vá de Bike! +
http://freeride.blig.com.br
Posted by Karol Hoffmann
Tag :

Popular Post

Blog Archive

About









- Copyright © Blog da Karol -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -